Entre tantas paixões e amores um continua inabalável desde minha adolescência, quando ouvi pela primeira vez o baixo ao fundo desse ritmo mágico e cadenciado, que é o Reggae em sua essência. Nasci em Belém do Pará, então nada estranho, já que os ritmos que lideram por lá são esses mesmo os caribenhos, africanos e indigenas resultando em uma miscegenação de ritmos, aliás, meu pai adorava merengue, o ritmo, não a guloseima rsrsrs....Eu estava preparada ouvi a voz de Jah e sou fiel a ele desde então, e lá se vão 30 anos acompanhando tudo que se passa no universo Rastafari. Tenho muito orgulho desse meu lado reggaeira, sempre fui conhecida como a filha de Jah ou filha do Rasta, nicks que sempre usei na internet. Em agradecimento a tudo de bom que recebo de Jah resolvi reuni tudo o que a ele se refere em especial dou destaque a Robert Nesta Marley, cujas composições, sua biografia, enfim selou de vez esse pacto de amor que tenho com o Reggae. Quando meus filhos e amigos comungam comigo desse amor incondicional que tenho pela Jamaica, pela África e sua história de dor e preconceito, lágrimas me vêm aos olhos, saber que através de mim, outros estão tendo a oportunidade de conhecer, amar e respeitar os Rastas no sentindo mais amplo da palavra. Jah!!!

Rastafari I yeahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Elsy Myrian Pantoja

Uma Filha de Jah

Seguidores

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Morre compositor de No Woman no Cry


Morreu no último dia 28 de dezembro o compositor Vincent Ford, autor de um dos maiores clássicos da história do Reggae, “No Woman, No Cry”. A música se tornou sucesso mundial e foi eternizada na voz de Bob Marley em 1974, quando lançada no álbum “Natty Dream”.

Ford estava com 68 anos e morreu em um hospital em decorrência de complicações de diabetes. O anúncio da morte do compositor foi feito por Paul Kelly, porta-voz da Fundação Bob Marley, em Kigston, na Jamaica.

Mesmo creditado como autor de “No Woman, No Cry”, alguns críticos acreditam que Marley colocou o nome do amigo apenas para ajudá-lo financeiramente. Ford também apareceu como compositor de algumas músicas do álbum “Rastaman Vibration”.

O cantor e compositor brasileiro Gilberto Gil chegou a gravar uma versão em português da música com o título de “Não Chores Mais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nossas postagens são feitas através de pesquisas na Internet, dando os devidos créditos de origem. Aceitamos colaboração e sugestão através do email: elsymyrian@hotmail.com

Total de visualizações de página

Contador de postagens e comentários

Estatística deste blog:
Comentários em Postagens
Widget Templates e Acessórios

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.